Untitled Document
Feng Shui, a arte de organizar a vida, a começar pela disposição dos móveis
18-03-2013

A casa não significa somente estética, mas também representa o bem estar das pessoas que nela habitam. Temos que dar maior importância para os espaços onde passamos a maior parte do tempo: quarto, sala de estar e escritório, por exemplo, pois é onde a maior parte da energia está concentrada.


Algumas pessoas confundem feng shui com cromoterepia. O feng shui trabalha com elementos, animais e também com cores, mas “feng shui não é só pintar uma parede”. Essa história de colocar espelho na frente da porta para expelir energias ruins também é mito. O que acontece é que ao colocarmos espelho no hall de entrada, estamos impedindo toda e qualquer energia (seja ela boa ou ruim) de entrar no ambiente.
Não entre em desespero se sua casa não está harmonizada. Para isso existe a “cura dos ambientes”. Esta cura funciona da seguinte forma: primeiramente é feita uma análise do local, dos ambientes da casa e das pessoas que residem nela. Depois diagnosticados os problemas, partimos para a “cura dos ambientes” com auxilio da bússola, trigramas pessoais e da casa, o conceito dos 5 animais e através de elementos pré-definidos conseguimos solucionar, ou seja, tratar os ambientes que anteriormente não eram favoráveis para as pessoas que habitam a casa.
"Estar bem consigo mesmo é o primeiro passo para uma melhora no ambiente onde vivemos."

Ane de Conto | Arquiteta e Urbanista | CAU: A59131-9

arquiteta@anedeconto.arq.br | 51 9901.9112

Site desenvolvido por MUSTACHE